A Íris agora escreve no blog Arco-Íris da Íris, em http://arcoirisdairs.blogspot.com/

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Um copo de vinho

- Posso passar aí para bebermos o vinho que me deves?
- Não estás com a tua mãe?
- Ela vai sair com o P.
- Eu também não me importava nada de sair com o P.!
- Já estivemos a falar melhor... Combinamos o vinho ou não?
- Sim, passa por cá!

E passou. Aliás, 15 minutos depois da conversa estava ele a tocar à campainha. Já não estávamos juntos há algum tempo. Os nossos encontros têm sido apenas virtuais.

Confesso que já tinha vontade de sentir o Filipe em mim... Não me venham com conversas por ser mais novo... Gosto dele assim como é! Gosto de o sentir em mim, gosto de gozar com ele... Gosto que ele me possua.

Bebemos um como de vinho. O que estava prometido há várias semanas. Não precisámos de mais para nos beijarmos. Ele tirou-me a blusa. Eu tirei a t-shirt dele e beijei-o onde consegui.

Não tardou a tirar-lhe o pau para fora e a chupá-lo com todo o gosto e vigor que sei.

Ele quis retribuir e depressa estávamos num delicioso 69 no tapete da sala.

Liguei o ar-condicionado no quente: adoro vê-lo suar... E suou... E eu também. E deliciámo-nos com os nossos corpos salgados. Aquele corpo foi novamente meu. Só meu, como eu quero e ele gosta.

Fudeu-me como gosto: forte, sem medo... Gritámos, gememos... Suámos mais.

Gozei na boca dele e chupei-o até ele gozar na minha. Outro copo de vinho.

Busquei dois lençóis, enrolámo-nos e fomos para a varanda beber o resto do vinho. Beijos, mãos atrevidas por sítios doces...

Ajoelhei-me, ali mesmo, tirei o pau dele para fora do lençol enrolado à cintura e chupei-o. Vi-o revirar os olhos. Gemer baixo. Chupei, lambi, brinquei com aquele mastro maravilhoso de adolescente. Gozou na minha boca. Engoli como ele gosta.

Estava tarde e fomos deitar. Mais uma vez uma noite de sexo sem dormir.

É só a mim que ele se dá. Pode curtir com as miúdas da idade dele, mas sou eu que lhe dá prazer, sou eu que me alimento do seu leite. É a mim que ele deseja.

3 comentários:

Filp. disse...

É sempre pra ti k vou vltar!

Anónimo disse...

ola minha linda... como esta??? lindo conto... como sempre se supera...


estou com saudade de conversar com vc...


Flavio(vc sabe quem é)

André Luiz disse...

humm..delícia de mulher essa Irís...certamente ela faz melhor do que escreve...rsr imagino eu!
òtimo relato...excitante!